Moedas Raras Brasileiras

Como o Brasil é um país bem novinho, não é irreal simplesmente não termos tantas moedas antigas como a Inglaterra e a Alemanha, ou Grécia, ou Egito, entre outros países. Ainda estamos caminhando para um pouco mais de 20 anos do Real e quem sabe quantas mais irão vir aqui, mas já temos a nossa historia monetária com direito a preencher um mural de moedas raras brasileiras, algumas que circularam durante tão pouco tempo que é até inviável tentar encontrar. Tivemos uma fase de mudança de cruzeiro e planos econômicas tão rápida que nem deu tempo de pensar em guardar a moeda, com tanta conversão e tabelinhas em mãos para não errar nas contas.

 As moedas mais raras brasileiras são sem duvidas os reis, do período colonial nacional e por isso quem tem uma em casa pode se considerar um milionário.

Moedas Raras Brasileiras

Moedas Raras Brasileiras

Estas são moedas ainda da coroa portuguesa e são consideradas um pequeno tesouro em mãos. Quem tem uma moeda dessas pode aguardar um pouco que quanto mais antiga ela é, mais rara e valiosa ela vai ficar. Estima-se que tenham apenas 50 dessas em museus, as demais estão em mãos de particulares.

As moedas brasileiras mais raras são as moedas coloniais, também chamadas de provinciais quando ainda nem éramos uma país, apenas uma colônia e bem antiga. Uma delas recebe o nome de D. Pedro I e foi circulada entre os anos de 1683 e 1706 por aqui e em outras colônias portuguesas na África. A tal moeda antiga portuguesa foi cunhada para Angola pela Casa da Moeda do Porto e tinha em sua face a descrição’ Lei de 10 de Fevereiro de 1704’. Já era feita de cobre, pois ainda não se sabia que Portugal ia ser tão rico com a exploração do ouro e sua letra monetária era o P.

Deixe um Comentário

Politica de Privacidade