Moedas Antigas da Espanha

A história da Espanha remonta ao período que conhecemos na Historia como velho mundo, então é natural que ela tenha muito mais moedas que países sul americanos, descobertos e colonizados por ela. Como a Espanha teve vários períodos econômicos, ela tem muitas moedas antigas que contam um pouco de sua historia em pequenos acontecimentos. Antes do período conhecido como Novo Mundo, todas as moedas era feitas em ouro e remetiam a seus reios do período, com fotos estampadas na cunhagem da moeda antiga da Espanha.

Já no século XV, o conhecimento da Europa do mundo cresceu com uma rapidez quase inacreditável e o poder da Espanha na economia também, fazendo assim crescer a produção de moedas espanholas. As primeiras moedas da Espanha de conhecimento do mundo como um todo datam do período do rei Carlos I e do Estado de Johanna.

Moedas Antigas da Espanha

Moedas Antigas da Espanha

Neste período era o cobre usado como metal para a cunhagem. No ano de 1535 houve a criação da Casa da Moeda nas colônias e foi assim que o ocidente conheceu as primeiras moedas espanholas. As moedas de ouro produzidas em colônia foram afeitas em Cartagena ou Bogotá no ano 1622, em ambas as cidades ao mesmo tempo.

A moeda antiga da Espanha mais popular é a mint, que atingiu o maior número de moedas de prata em toda a América do Sul e produzida pela Casa da Moeda de Potosí. A moeda de lá mais comum hoje em dia e conhecida por todos é o Franco, que vem do período do Rei Juan Carlos I no ano de 1975. Franco era um general militar que instituiu uma ditadura por muitos anos, o General Franco. Com a morte do general Franco em 1975, Juan Carlos ascendeu ao trono como rei da Espanha, mas a sua moeda continuou em vigor porque a economia do país estava estável no período de sucessão.

 

Deixe um Comentário

Politica de Privacidade